ACIP/CDL PROMOVE DEBATE COM O COMÉRCIO SOBRE AMBULANTES IRREGULARES

29 de Agosto de 2018

Imagem

O que fazer quanto ao comércio ilegal? Não é justo com os comerciantes, os quais possuem uma carga tributária pesada, competir com vendedores ambulantes irregulares. Todos precisam trabalhar e ter seu espaço, mas é necessário atuar dentro da lei para manter uma concorrência leal e a ética com a sociedade. Essa foi a avaliação dos Presidentes, Diretores e membros do Comitê do Comércio da ACIP/CDL, juntamente com Diretor de Finanças e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Pinhalzinho, Sérgio Matte.


O objetivo do encontro foi abordar os impactos causados pelos ambulantes que atuam de maneira irregular e juntos buscar a melhor solução para Pinhalzinho. Dentre os principais impactos estão a concorrência desleal, não empregam trabalhadores, não pagam impostos, atrapalham o fluxo de pedestres e comercializam produtos de procedência duvidosa.


A ação é incentivar a população a comprar de ambulantes legalizados, promovendo desenvolvimento econômico, geração de empregos, contribuição tributária que retorna em investimentos na saúde, educação, entre outros benefícios à sociedade.


De acordo com a Presidente da CDL, Franci Bernardi, um país sem corrupção começa por nossas ações no dia a dia, é necessário agir de maneira correta em nossas pequenas ações, assim vamos promover mudanças muito maiores. “Queremos fortalecer nosso comércio porque somos um ciclo onde um setor precisa do outro e assim tornar nossa cidade ainda mais próspera. Um lugar onde todos consigam trabalhar de maneira correta e vivam cada vez melhor. Assim teremos um Brasil que queremos”, finalizou Franci.